Depois da Apple, Google diz ter corrigido falhas do Android usadas pela CIA

Apesar de ter demorado um pouco mais que a concorrente para tranquilizar seus usuários, empresa garante que exploits foram eliminados; CIA pode ter espionado usuários desde 2013

No início desta semana, um vazamento monumental publicado pelo WikiLeaks mostrou que as agências de inteligência norte-americanas se aproveitam da fragilidade de aparelhos como celulares e TVs inteligentes para espionar qualquer pessoa ao redor do mundo. Depois que os 8 mil documentos foram postados, a Apple se apressou em tranquilizar seus clientes ao informar que já havia corrigido todas as vulnerabilidades do iOS exploradas pela CIA. A Google? Bem, ela demorou um pouco, mas finalmente se pronunciou sobre o caso.

Alguns dias após a polêmica batizada de “Vault 7” pela equipe do site especializado na divulgação de informações confidenciais, a Gigante das Buscas também veio a público para informar que tinha liberado atualizações de segurança tanto para o Android quanto para o Chrome com o objetivo de proteger seus usuários dos supostos exploits. “Nossa análise do caso ainda está em andamento e iremos implementar mais proteções conforme for necessário”, explicou a empresa em seu comunicado.

Leia mais…

from Novidades do TecMundo http://ift.tt/2mEXUIM

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s